MENU

Paula Sampaio

Paula Sampaio. fotógrafa

Festival de Tiradentes

 

“É meu destino percorrer esse corpo amazônico. Sua pele, tatuada de rios, florestas e rastros de seres de todo tipo, é um organismo imponderável. Mas é na rota das longas e trágicas estradas da região que surgem os encontros”

 

Quando eu assisti ao ciclo de ideias com o Paula Sampaio durante a Festival de Tiradentes decidi no mesmo instante que seria dela o meu segundo post aqui no blog. A conversa dela foi com o Thiago Santana que estava substituindo a Simonetta Persichetti. eu fiquei tão feliz quando soube que ele iria subsistir a Simonetta, mas tão feliz, porque eu sou mega fã dele, mas coitado, nem teve chance de falar, a Paula dominou o microfone, a plateia presente e todo mundo que assistia pelo telão do lado de fora na graminha. Atraiu a atenção, distribuiu risadas, despertou emoções , conquistou corações.

 

Paula Sampaio mineira de Belo Horizonte é radicada em Belém, graduou- se em comunicação social e especializou-se em Comunicação e Semiótica, iniciou seu contato com a fotografia como fotojornalista. Recebeu prêmios importantes como Marc Ferrez, Funarte, Porto Seguro e Mother Jones Internacional Fund for Documentary Photography/EUA, além de ter imagens que fazem parte de grandes coleções como Pirelli/Masp, Enciclopédia Itaú Cultural, Mam/sp Fundação Romulo Maiorana e Fundação Biblioteca Nacional.

 

Seu trabalho fotográfico é uma documentação belíssima das comunidades que vivem as margens das rodovias Belém-Brasília e Transamazônica, atividade que vem desenvolvendo nos últimos vinte anos e não tem previsão para finalizar, trabalho de uma vida e que tem uma relação muito direta com a sua história. Em busca do Eldorado, mudou quando criança com a sua família para a Amazônia, viveu em uma cidade onde as duas rodovias se cruzam. Foi a busca pela lembrança de sua infância que fez Paula escolher esta pano de fundo para a sua documentação.

 

Sampaio tem a estrada como cenário, as pessoas como atores principais de narrativas e migração e ocupação dessas regiões como tema de suas imagens. Com um lado humano imperando em fotografias majestosas. Ela percorreu de ponta a ponta das duas rodovias documentando essa população.

 

Seus registros carregam, o que eu acho incrível e mais admiro em um fotógrafo retratista, uma relação com o retratado. Antes de sair apontando objetiva e clicado, ela conversa, pergunta, descobre. Sabe nos contar o nome e a história de cada um deles e envia pelo correio uma copia de cada imagem para o protagonista.

 

Paula ganhou meu coração para sempre quando ela disse que não vende suas fotos galeria porque o retrato não lhe pertence, a fotografia é do retratado. “Como que eu vou vender a Seu Antônio?” <3

Site da Paula Sampaio: http://paulasampaio.com.br/

 

 

Paula Sampaio

Comunidede Bailique | Oeiras do Par‡ – PA | 2003

 

Paula Sampaio

Belém-Brasília | Ananindeua – PA | 2004

 

Paula Sampaio

Comunidade Umarizal | Bai‹o – PA | 2003

 

Paula Sampaio

Baião – PA | 2003

 

Paula Sampaio

Abaetetuba – PA | 2005

 

Paula Sampaio

Transamazônica | Cabedelo – PB | 2010

 

Paula Sampaio

Belém-Brasília| São Miguel do Tocantins | 1998

Sorry, the comment form is closed at this time.